Presidente do legislativo de Porto União se reúne com Prefeitos para solucionar transporte de alunos da Apae

O Vereador e Presidente do Legislativo de Porto União, Christian Martins (MDB), esteve reunido na manhã desta quinta-feira, 22, com o Prefeito de Porto União, Eliseu Mibach, para tentar chegar num denominador comum para o transporte de alunos da Apae entre União da Vitória e Porto União e vice-versa. Participaram da reunião também os vereadores Luiz Alberto Pasqualin, Sandro Calikoski, Jacir Barth, Paulo Kovalski, Neilor Graboviski e Elio Weber.

Com uma escola em cada município, muitos alunos que moram atualmente em uma cidade, já frequentavam a Apae do outro município, o que causou um problema burocrático e de legalidade, devido ao tráfego dos veículos adaptados públicos de uma das cidades, buscando alunos na outra cidade.

Os pais dos alunos procuraram o vereador para pedir ajuda para resolver esse problema, foi quando Martins usou a tribuna na sessão desta terça-feira, 20, para falar da situação e pedir auxílio do executivo para que seja enviado um projeto de lei, para regulamentar esse caso. “É um caso de sensibilidade que devemos ter com uma questão dessas. Estamos em uma divisa seca de estados e não podemos deixar que a burocracia atrapalhe o direito dos alunos de frequentar a Apae. Já foi tentado a transferências dos alunos, mas não houve adaptação deles, por isso devemos ser sensíveis e humanos neste momento, para chegar num acordo”, falou o vereador.

Após a reunião, o Prefeito Eliseu, que se mostrou sensível ao pedido e entendeu a situação, se comprometeu a enviar ao legislativo, um projeto de lei, para autorizar esse transporte de alunos de uma cidade para a outra. Em seguida Martins entrou em contato com o Vice-Prefeito de União da Vitória, Bachir Abbas, que também se comprometeu junto ao Prefeito Santin Roveda, enviar um projeto de lei do executivo para a Câmara de Vereadores de União da Vitoria para solucionar o problema.

Já nesta sexta-feira, 23, às 16h, em reunião com o Prefeito Roveda, Martins explicou pessoalmente o problema e recebeu a resposta do prefeito de União da Vitória que o problema seria resolvido de alguma forma. A prefeitura iria repassar um valor a mais para a Apae de União da Vitória, para que a própria instituição possa fazer o transporte dos alunos até Porto União, mas mesmo assim solicitou uma cópia do projeto de lei para que possa estudar e enviar para o legislativo municipal de União da Vitória.  Participaram da reunião ainda o vereador de União da Vitória, Diego dos Santos, o assessor jurídico Dr. Fauzi Bakri e a secretaria de administração, Daniele Borges de Lima.

Martins também entrou em contato com o Promotor de Justiça de União da Vitória, Dr. Julio Ribeiro de Campos Neto, que orientou e deu apoio ao caso para que fosse solucionado. E ainda informou ao vereador que irá enviar um ofício ao executivo, orientando para a continuação do transporte entre as duas cidades.

Câmara realiza a sua segunda Sessão Ordinária em Porto União

Na noite desta terça-feira, 20, a Câmara de Vereadores de Porto União, sob o comando do Presidente Christian Martins (MDB) realizou a sua segunda Sessão Ordinária de 2018. As sessões agora estão sendo transmitidas ao vivo pela internet, através do site do legislativo municipal.

Nessa sessão, entre os projetos e requerimentos aprovados, deu entrada dois projetos do executivo municipal que cria o Conselho Municipal de Agricultura e que autoriza o Chefe do Poder Executivo a ceder máquinas, equipamentos e pessoal aos municípios limítrofes de Porto União, que declararem Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública. Os projetos agora devem passar pelas comissões da casa para posterior votação.

Os vereadores Christian Martins e Sandro “Batata” Calikoski (MDB), fizeram uso da palavra na tribuna e comentaram sobre a posse do vice-governador de Santa Catarina como Governador em Exercício na sexta-feira, 16.

Martins ainda falou sobre a questão da interrupção do transporte público para os alunos matriculados na Apae de União da Vitória que moram em Porto União. “Sabemos da questão legal de passar para um estado para outro e tem uma fiscalização do Tribunal de Contas e essa casa aqui mesmo é um agente fiscalizador, mas precisamos colocar a mão na consciência e achar uma forma que possa não penalizar essas famílias, porque a posição geográfica nos traz essa situação, estamos em uma divisa seca. Já foi tentando transferir essas crianças para a Apae de Porto União, mas houve problemas de adaptação delas e muito transtorno. A gente sabe que essas crianças têm que ter um atendimento diferenciado. Vou fazer uma sugestão ao executivo para enviar um projeto que autoriza os veículos adaptados da educação especial, para levar as crianças para a Apae de União da Vitória. Tenho a certeza que esse projeto se apresentado vai ter o apoio de todos os vereadores”, explicou.

A Sessão teve a presença da comunidade e do Comandante da Polícia Militar de Porto União, Major Silvano Sasisnki.

Sessão da Câmara em Porto União retorna nessa terça-feira


As sessões ordinárias de 2018 tem início nesta semana

A Câmara de Vereadores de Porto União inicias suas atividades parlamentares com as sessões ordinárias nesta terça-feira, 06. A Câmara realizou em janeiro duas sessões extraordinária a pedido do executivo municipal.

Este ano o comando do Legislativo será do vereador Christian Martins (MDB), que tem na sua vice-presidência o vereador Elio Weber (MDB) e o 1º Secretário Neilor Grabovski (MDB) e 2º Secretário Carlos Roderlei Pinto (PR).

Para este ano o Presidente da mesa fez um decreto que regulamenta os gatos de despesas de custeio da Câmara para 2018, com 25% de corte, baseado em todos os gastos de 2017.

“Primo pela transparência do poder público. Este ano voltaremos com as transmissões ao vivo das sessões pela internet e estamos elaborando um projeto arquitetônico para dar acessibilidade para a população que quiser assistir as sessões da Câmara no Plenário”, ressaltou Martins.

Além disso, o presidente conseguiu com a empresa Braox Informática de Caçador a doação de um totem para a Câmara de Porto União. O equipamento ficará à disposição dos munícipes com informações do portal da transparência e também com acesso aos projetos em tramitação naquela casa.

O Presidente da Câmara, Martins, agradeceu o gesto do empresário em fornecer o equipamento sem custo algum para os cofres do município. Ele destacou a importância deste equipamento deixando mais transparente os processos políticos e gastos públicos dos vereadores.