Câmara realiza a sua 8ª Sessão Ordinária

A Câmara de Vereadores de Porto União realizou nesta segunda-feira, 29, a sua 8ª Sessão Ordinária sob a presidência do vereador Gildo Masselai (PSDB).

Na pauta foi aprovado em segunda discussão e votação o projeto de Lei nº 011/2021, do Executivo Municipal, que autoriza o município proceder à concessão de uso e/ou permissão de serviço público de exploração de Capelas Mortuárias Municipais. O projeto aprovado agora segue para o executivo para sanção. O referido projeto concede a concessão das capelas mortuárias do Bairro São Pedro e a do centro. Os valores estabelecidos para utilização das capelas mortuárias serão fixados por Decreto do Poder Executivo Municipal.

Em seguida foi colocado para primeira discussão e votação o projeto de Lei nº 012/2021, do Executivo Municipal, que altera os artigos da Lei Municipal nº 4.695, de 23 de outubro de 2020. O projeto agora segue para as próximas sessões para 2ª discussão e votação final.

Durante o uso da tribuna dois assuntos voltaram na pauta dos vereadores. O vereador Miguel Von Guilsa (PSD) trouxe novamente o problema de falta de médicos nas unidades de saúde do município e Almir Borini (DEM) comentou sobre a falta de água em alguns bairros do município. Os dois edis foram aparteados pelos demais vereadores durante a sessão. Foi aprovado requerimento do vereador Miguel para o executivo municipal solicitando informações e melhorias da unidade de saúde do bairro Vice-King. O vereador Luiz Alberto Pasqualin (PSDB), líder do governo na Câmara, destacou que o município está com dificuldade em encontrar profissionais de saúde neste momento de pandemia e está fazendo todos os esforços para atender a todas as unidades de saúde do município.

O vereador Walbert de Paula e Souza (PL) lembrou e lamentou o falecimento do pároco da Igreja Catedral de União da Vitória, Padre Silvano Surmacz e outras pessoas decorrente do Covid-19 nos municípios.

A vice-presidência foi assumida pelo vereador e segundo secretário Fernando Batista Alves (PSDB) devido ao vereador Paulo Kovalski estar em reunião a serviço de seu gabinete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *