Câmara aprova novas regulamentações sobre Conselho Tutelar

A 10ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Porto União foi realizada nesta terça-feira, 16, sob a presidência de Carlos R. Pinto (Bifão) do Partido da República.

Na sessão entre outros projetos e pareceres aprovados, destaque foi para a regulamentação de vários assuntos relacionados ao Conselho Tutelar no município para as eleições dos novos membros.

Antes, às 11 horas de terça-feira, foi realizado a 4ª Sessão Extraordinária onde foram aprovados os pareceres e emendas do projeto referente ao Conselho. Segundo o presidente informou, o projeto foi enviado pela administração municipal no dia 29, sexta-feira, às 15h, para ser aprovado até o dia 31 (domingo). “Precisa ser lançado o edital para as eleições deste ano e o projeto veio atrasado. Fizemos uma reunião na semana passada com os atuais conselheiros, membros da secretaria de ação social, assistentes sociais e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) para ver as necessidades de emendas ao projeto e nos reunimos com o setor jurídico da câmara para a elaboração das emendas”, destacou. Para ele, a câmara ouviu os envolvidos para o melhor atendimento da população.

Outro ponto destacado por Bifão foi a aprovação de R$ 2,5 milhões em dotações para a aquisição de equipamentos e veículos para o município. “Dessa forma estamos dando condições para a administração municipal renovar a sua frota para a melhoria do atendimento da população”, completou.

Na sessão fez uso da palavra no grande expediente o vereador Elio Weber (MDB), que destacou uma importante reunião relacionada a consórcios interestaduais entre municípios com fronteira seca e internacionais com municípios que fazem a divisa com outros países para a melhoria nos seus desenvolvimentos realizada na cidade de Barracão no Paraná, que faz a divisa com as cidades de Dionísio Cerqueira (Santa Catarina), e Bernardo de Irigoyen (Missões, Argentina).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *