Debates marcam a 5ª Sessão da Câmara em Porto União

A Câmara de Vereadores de Porto União realizou nesta terça-feira, 12, a sua 5ª Sessão, que foi comandada pelo vice-presidente da casa, Sandro L. Calikoski (MDB).

Foi discutido e aprovado os pareceres da Comissão de Finanças, Orçamento e Patrimônio referente ao Projeto de Decreto Legislativo nº04/2019, proposto pela Mesa Diretora da Câmara Municipal, que homologa Termo Aditivo ao Contrato entre a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e Porto União e o processo nº09/2019 referente Projeto de Lei nº 03/2019, de autoria do vereador Elio Weber (MDB), que denomina uma das vias públicas do Distrito de São Miguel da Serra de Avenida do Centenário.

Já o parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final do projeto de Lei nº01/2019, de autoria dos vereadores Neilor Grabovski (MDB) e Gildo Masselai (PSDB), que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de estampidos e de artifícios no município foi aprovado, mas antes houve uma grande discussão entre os vereadores sobre o tema, que deve passar pelas demais comissões e em seguida entrar em votação no plenário.

Outro assunto que foi debatido pelos vereadores foi a falta de entendimento dentro do governo do estado e a falta de atenção as autoridades dos municípios. A falta de diálogo e de uma visão descentralizada foi criticado por alguns vereadores. Fizeram uso da palavra e do expediente os vereadores Christian Martins (MDB), Sandro Calikoski (MDB); Gildo Masselai e Luiz Alberto Pasqualin (PP); Paulo Kovalski (PSDB), Neilor Grabovski (MDB) e Elio Weber (MDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *