Segunda Sessão da Câmara de Porto União tem vários debates

A Segunda Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Porto União, sob a presidência do vereador do Carlos Roderlei Pinto – Bifão – (PR) realizada nesta terça-feira, 12, começou com alguns minutos de atraso, devido a falta de energia elétrica na cidade.
Na pauta, a apreciação e votação dos pareceres de dois projetos de decretos legislativos referente a contratos entre a Prefeitura e outros órgãos públicos.
O vereador Christian Martins (MDB) fez uso da tribuna e criticou a falta de energia no interior e na área industrial de Porto União, atendidos pela Celesc e a empresa que faz o transporte escolar dos alunos do município. Os vereadores Elio Weber (MDB); Fernando Moreira (PR); Luiz Alberto Pasqualin (PP), Gildo Masselai (PSDB) e Bifão (PR) apartearam e apoiaram a cobrança do vereador aos órgãos competentes.
“Temos um grande problema de muitos anos do fornecimento e a qualidade da energia elétrica em algumas partes do interior e na área industrial do município, que acaba trazendo prejuízos aos empresários e produtores. Eu acredito que devemos procurar uma nova área industrial para o município. A existente hoje é uma concessão da União ao município. A minha opinião é que: o município deve fazer uma aquisição de uma área, e na minha visão temos um grande potencial na BR-153 na divisa com o Paraná, onde temos toda estrutura necessária naquela região. Temos que nos organizar e lutar para isso. Assim que temos que pensar”, destaca Bifão.
Acompanharam a Sessão os suplentes de vereadores Renê Darif Palhano (PP) e Miguel Chokailo Neto (PSD) e demais munícipes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *