Câmara de Porto União vota LDO de 2019

 

A 16ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Porto União realizada nesta terça-feira, 05, comandada pelo Presidente Christian Martins (MDB) tratou da apreciação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2019, enviada pelo executivo municipal.

Após passar pelas comissões da casa, foram realizadas duas votações para a sua aprovação final. A LDO como o mesmo nome diz, dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para 2019, que expressa em normas, ações prioritárias, diretrizes, objetivos e metas a serem observadas pelas Unidades da Administração Direta, Fundos e Órgãos da Administração Indireta do Poder Executivo e pelo Poder Legislativo do Município. A LDO enviada pelo executivo contém 31 páginas e especifica como será usado os recursos financeiros para o próximo ano, fazendo uma programação orçamentárias das ações da prefeitura em cada secretaria, fundação e departamento.

Os principais investimentos foram explanados rapidamente pelo líder do Prefeito na Câmara, Paulo Kovalski (PSDB), que fez uso do grande expediente para isso. O presidente do legislativo também usou o grande expediente para abordar diversos assuntos, entre eles destacou a reforma da Matriz de Porto União e fez a solicitação para o executivo de um projeto para a construção de uma arena multiuso, já que o ministro de Turismo é de Santa Catarina e facilitaria o acesso.

Fizeram uso do pequeno expediente e falaram sobre o cenário político atual do País os vereadores Elio Weber (MDB) e Gildo Masselai (PSDB). A Sessão também marcou o retorno da vereadora Salime Farah (PSDB) que após 60 dias de licença, voltou para o legislativo municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *