A 17ª Sessão Ordinária da Câmara de PU foi realizada nesta quinta-feira

A 17ª Sessão Ordinária da Câmara de Porto União aconteceu nesta quinta-feira, 06, às 10h. A sessão foi transferida devido ao falecimento do assessor parlamentar da câmara Paulo Cezar Silva Borges. Sob a presidência de Carlos R. Pinto – Bifão – (PR), a reunião teve início com um minuto de silêncio em homenagem a Borges.

Na sessão o repórter Jair da Silva falou sobre o lançamento do Livro “Bola de Capotão” – Craques de Porto União da Vitória – A História nãos os Esquecerá”, de sua autoria que terá o evento de lançamento realizado no Clube 25 de Julho, nesta sexta-feira, 07, às 19h.

Em seguida foram colocados para apreciação e votação diversos projetos e requerimentos. Destaque para o requerimento nº015/2019, do vereador presidente Bifão, que solicitou ao Prefeito estudos para criar uma Intendência na Localidade de Santa Maria para atender as comunidades de: Legrú, Achilles Stenghel, Nova Galícia, Xaxim e Jangada. Segundo o pedido dele a intendência deve possuir uma retroescavadeira, patrola e caçamba para acolher os pedidos dos agricultores das referidas localidades. O presidente ainda solicitou através do requerimento nº016/2019, providências através da Administração municipal para que entrem em contato com a Empresa que executa o transporte coletivo no município, para que estudem a possibilidade de colocar uma linha de ônibus que opere pelo menos duas vezes por semana nas localidades de Nova Galícia e Jangada.  Ainda em seu pronunciamento Bifão solicitou a liberação da emenda para São Cruz do Timbó para o Centenário do distrito.

“Estamos fazendo todo o possível para dar o justo para as comunidades do nosso município. Por isso fiz os dois requerimentos em relação a criação da intendência em Santa Maria, pois ela fica muito distante das duas outras intendências do interior e com isso a comunidade poderá ser atendida mais rapidamente e melhor. E também que o executivo veja com urgência junto a empresa que presta o serviço de transporte coletivo a criação da linha da localidade de Nova Galícia e Jangada, mesmo que precise de um subsidio financeiro, pois precisamos ver a necessidade social e atendimento à comunidade. Se necessário o subsidio vamos discutir nessa casa e analisar. Precisamos dar o retorno para essas comunidades”, destacou Bifão. Ele solicitou um estudo com o setor de transporte da prefeitura e a comissão de transporte da Câmara para ver a viabilidade e se há necessidade de um subsidio para a linha de ônibus. “Estamos aqui sempre debatendo e discutindo para dar o melhor  atendimento para a comunidade”, completou o presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *